Histórico da Congregação

Em 1258 nasceu, na Alemanha, a Congregação das Irmãs da Estrela; hoje, Irmãs Franciscanas de Maristella.

Entre 1936/38, na Alemanha, houve a expulsão das Irmãs da área educacional, pois tal trabalho não era conveniente à ideologia do III Reich. Então, a Madre Geral, M. Josefine Lederer, procurou um trabalho especificamente missionário.

Por ocasião de retiros na abadia beneditina de Beuron, o professor de Religião, Pe. Ludwig Schaefer, encontrou-se com o abade beneditino Dom Bonifácio Jansen, de Olinda- PE/Brasil, que falou sobre a pouca assistência espiritual na vasta terra brasileira, citando, inclusive, Timbaúba.

Assim, oito Irmãs embarcaram para Olinda e, em 2 de julho de 1938, o Prefeito de Timbaúba, Álvaro Xavier de Morais Coutinho, mandou buscar “suas Irmãs”, que foram muito bem recebidas pelo povo timbaubense.

Já em dezembro de 1938, chegou o segundo grupo de corajosas Irmãs para trabalhar no interior de Pernambuco, em Triunfo.

Em 16 de julho de 1939, pouco antes de romper a Segunda Guerra Mundial, na semana do Congresso Eucarístico de Recife, desembarcou o terceiro grupo de Irmãs que foram realizar seu trabalho na cidade de Limoeiro.

Após essas três marcantes chegadas, a Congregação foi se expandindo e levando consigo os raios dessa grande Estrela para vários outros locais. Em 2018 comemorou 80 anos de missão no Brasil.